Sunday, February 18, 2007


E foi te ver... para fazer com que tudo que eu sentia se esbarrasse!
Te vejo perto... te quero perto. Abraçar você é o remédio para o que em mim não se acalma.
Mas vai pra onde? Vai pra longe... onde eu sei que quem ganha minha paz não sou eu. Quem ganha meu conforto não escuta promessas de que vai voltar.
Imagino que não seja fácil! Mas não fui eu quem questionou complicar...
Só pedi pra que ficasse mais... só pedi pra que me desse a mão!
Sempre venho a ti com um mundo de atenção... e quase sempre me escondo dos lugares... quase sempre me escondo de mim!
E foi te ver pra me sentir presa.... e foi te amar pra me sentir livre! Mas a minha liberdade se amarra a essa condição de te querer!

1 comment:

aninha said...

quando o remédio é a doença.