Tuesday, January 08, 2008

fotografia


A muito tempo, eu me lembro. Ouvia versos intermináveis e gentis...
Era como um carinho, uma abraço gostoso... era doce!
Gostava de ver a dinâmica da sala...
Tudo se movimentava sempre... entrava e saía...
Nunca parava no mesmo lugar!
Era agradável, companhias diversas, pessoas diversas... não havia como me cansar!
Mas as vezes eu me calava... achava tudo sem graça, sem som...
Mesmo aquele movimento... mesmo aqueles versos intermináveis.
A muito tempo, eu me lembro... era doce! Sim, me lembro... mas cansava de repente!



dedico à Reyner!

2 comments:

Amanda said...

..e me cansava de repente..!!!

mas depois as coisas se tornavam doces novamente... como um ciclo.. que não tem início nem final..

beijos querida!!!!!!

Reyner said...

Você é bobinha demais!
Ficou lindo, e você não gosta...
Tsc tsc tsc tsc tsc
Brigadão!
Beijos queridinha!