Friday, December 21, 2007

coleciona(dor)


Outra vez...

A estranha sensação de vazio me toma e consome a única vontade que me restava... ser feliz!

E não adiantaria fechar meus olhos e imaginar que tudo ficaria bem. Não ficaria!

O frio, o medo e o grito seco e oco me envolviam ali... me prendiam ali e degustavam minha razão!

Perdi o que era lúcido no meio do caminho... juntei as pedras da dor, guardei!

É o preço que se paga por querer chegar até o fim sabendo que o fim já tinha passado por mim.

2 comments:

Amanda said...

e é com as pedras da dor guardadas que outra construção recomeça.. e dessa vez... sendo feliz sim... porque a felicidade não tem fim que passou ou que é previsto..
ela é única.. e algumas pessoas a merecem... poucas pessoas a merecem!!!!!

Ito said...

O Fim nunca chegará para aqueles que buscam a felicidade, pois este precioso tesouro deve ser conquistado minuto a minuto sempre com muita perseverança. De forma que as sensações de prazer e alegria conquistadas, sejam de tamanha grandeza, que nos possibilite alcançar os mais belos sonhos. Com isso considere a vida como um grande Rio, onde as águas estão sempre em renovação, quebrando todas as pedras e criando desvios para continuar o seu curso até chegar à foz.