Wednesday, March 21, 2007

Rótulo


Inútil!

Não se importe com meu sofrimento... eu sei, não irá te incomodar!

Se preocupe com seu próprio ego... é ele quem vai te impulsionar.

As pessoas ao redor são coadjuvantes do filme que a estrela com seu nome brilha sempre mais forte que o sol!

Mesquinho... triste... cheio de podre sua alma grita por socorro! Não... não há mais saída! É o caminho que você escolheu... é o caminho que te digere a cada passo!

Olhar pra onde... pra quê? Tudo que vês não é importante... a não ser que tudo seja espelho pra você!

De tudo o mais que acontece... não, não queres saber!

Esmaga tua própria vida... engula teu próprio bem! Encha-se com o teu ego podre... banhe-se no teu próprio ser... indígno!

2 comments:

Amanda said...

"Olhar pra onde... pra quê? Tudo que vês não é importante... a não ser que tudo seja espelho pra você!"

umas das coisas mais incríveis que li ultimamente!!!!

sim.. escolhas... cada um escolhe o que quer... e muitas vezes quer apenas o que já tem... quer o mesmo mundinho que já vive...

medo?? covardia?? talvez.. é mais fácil continuar numa redoma de vidro sem arriscar!!!

mas eu??? eu me arrisco... e pode cair o mundo que eu aguento!!! huahuauhauha..

beijão querida.. amo!!! saudade

Marcos said...

Petardo, tirambaço, “punch” no estômago. Se é para destilar a bile que nos corrói, por tudo de podre que há na sociedade, que façamos com sinceridade, com a cara e a coragem. Porque só assim poderemos, também com sinceridade, apreciar o belo, o honesto, o que nos faz bem. Não é possível apreciar e viver o “bom da vida”, de verdade, alienados pelo “modus vivendi" egoista/consumista humano. Maravilha de texto. Você pensa e faz pensar.