Monday, January 22, 2007

Vida de inseto

Dentro de um vidrinho.
Cercado por paredes extensas... todos os lados são iguais. Mas as imagens não são as mesmas.
De um lado ao outro corria num desespero indescritível. Como se toda a vida passasse diante de seus olhos e mesmo assim tudo aquilo fosse pouco. E mesmo assim não havia a satisfação... lamentável! E era só o que se podia entre as uniformes paredes: lamentar.
E desejava ter feito coisas incríveis
E desejava amar de verdade
Ostentava sonhos altíssimos... mas não custava nada sonhar.
E sentia o ar se exaurindo
E perdia a noção e o lugar
Fechava os olhos tão lento... e abria os olhos numa esperança triste... e fechava os olhos... de certo não abriria mais.
E ainda sim, desejava pela última vez, ter a chance de viver e mudar tudo o que fez.

2 comments:

Amanda said...

Viver... e fazer tudo para se sentir bem.. mesmo que seja preciso quebrar esse vidro que nos cerca!!!

Esse vidro às vezes parece grosso mas basta um sorriso pra quebrá-lo!!!
Vamos sorrir!!!!!!!!!!

Lindo querida..
beijo grande.. te amo..
Mandinha

aninha said...

to abismada!!!!!!!!!!!!!!
acabei de escrever sobre isso tb.
mas meu texto eh bobo.
auehiaeuhaeiuaehiueahiae !
=)

bjitos!


ah sim, ps idiota: vida de inseto eh um dos filmes de animação que eu mais amo!!! ^^