Saturday, July 07, 2007


A luz que aquece
Nem sempre é a mesma luz que me desperta
A dor na carne
Não é a mesma dor que no peito aperta
E a saudade ainda sim castiga
A solidão ainda me tortura
Prazer de que? Se tudo causou fadiga
E o caminho não me levou à cura
Eu sim amei, e ainda tenho amado
Mesmo sabendo que não há você ao lado
A luz que aquece se derreteu no vento
A dor na carne é o que tenho no momento.

2 comments:

Amanda said...

ei... seu texto tah sem título...

ah... blah!!! hahahahahaha... aquelas sem noção né!!!!

Então.. acho que poderia falar dessas todas sensações. Amar, doer, saudade, vento, chama, só. Mas seria repetir e repetir. Estar junto nem sempre é não estar só. sentidos. às vezes eles nos surpreendem e nos questionam. E eu já não quero questionamentos. quero a vida. só ela. a minha. com todos seus problemas e defeitos. mas minha.

ai que possessiva eu sou!! hahaha..

é por aí... disse q tava sem inspiração... acho que toh é precisando escrever pra soltar alguns "monstros" que estão aki!!!

beijos querida...

amo..!!!!

blah............................

aninha said...

eu quero me apaixonar.
mas tenho medo.